Seja bem-vindo a MCL Church!

LogoTenho uma ótima notícia para você, caro amigo! O Ministry Of  Christian Life Church não nasceu de uma divisão e sim de uma visão. Atendendo ao chamado do Senhor, o Pastor Joel chegou a Londres com sua família no dia 27 de janeiro de 2003. O início dos trabalhos em Londres foi em 02 de fevereiro de 2003, quando os cultos eram realizados em uma pequena cozinha em Willesden Green. Fizeram parte do primeiro culto 8 pessoas. No entanto, em 05 de maio de 2003, alugamos uma sala nos fundos de uma igreja adventista em Holloway Road e, a partir daí, o trabalho cresceu. Hoje temos Igrejas nos seguintes lugares:

  • Sede no North Londres (Inglaterra) 05 de maio de 2003
  • Harlesden(Inglaterra): 16 de junho de 2007;
  • Leytonstone(Inglaterra): 02 de fevereiro de 2008;
  • Joinville-SC (Brasil)
  • Laguna-SC (Brasil
  • Ipu(Flores)-CE (Brasil)
  • Ipu(Timorantes)-CE (Brasil)
  • Ibiapina-CE (Brasil)

Também temos trabalhos missionários na Índia e sertão do Ceará (3 missionários)!

Lema

“Amar, Buscar e Cuidar bem de todos”.

Propósitos

“Proclamar o Evangelho do Reino, Ganhando Vidas, Discipulando, Capacitando e Enviando cada Discipulo amadurecido a fazer Novos Discípulos”.

Missão

Propagar e ensinar o Evangelho. Cumprir o "Ide" de Jesus Cristo até os confins da Terra.

Visão

Ser uma igreja que cumpre propósitos de Deus na terra, tornando-se referência na propagação do evangelho, onde todos os membros estejam comprometidos com a qualidade e o desenvolvimento de ministérios eficazes, o cuidado das pessoas pelo discipulado um-a-um e a Liderança de Pequenos Grupos.

Valores

A conservação de uma moral pura, a ética e a família como bases e fundamentos primordiais na sociedade moderna, um bom relacionamento cristão com o próximo, agradando a Deus. Exemplificaremos nossos valores no Fruto do Espírito Santo, que produz no cristão caráter e é representado por meio das suas atitudes, conforme o apóstolo Paulo descreve no livro de Gálatas, capítulo 5 e versículo 22:

  • AMOR: o interesse e a busca de querer bem a outra pessoa com nada em troca.
  • ALEGRIA: sensação de alegria baseada no amor, na graça, nas bênçãos, nas promessas e na presença de Deus.
  • PAZ: tranquilidade de coração e mente, baseada na convicção de que tudo vai bem entre o cristão e seu Pai celestial, Deus.
  • LONGANIMIDADE: perseverança, paciência, ser tardio para irar-se ou para o desespero.
  • BENIGNIDADE: não querer magoar alguém, nem lhe provocar dor.
  • BONDADE: zelo pela verdade e pela retidão, e repulsa ao mal.
  • FÉ: lealdade constante e inabalável ao Senhor a quem estamos unidos por promessa, compromisso, fidelidade e honestidade.
  • MANSIDÃO: moderação, associada à força e à coragem; descreve alguém que pode irar-se com equidade quando for necessário, e também humildemente se submeter quando for preciso.
  • TEMPERANÇA: o controle ou domínio sobre nossos próprios desejos e paixões, inclusive a fidelidade aos votos conjugais; também a pureza.

No que Cremos

  1. Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).
  2. Na inspiração verbal da Bíblia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2 Tm 3.14-17).
  3. Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).
  4. Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).
  5. Na necessidade absoluta do novo nascimento pela fé em Cristo e pelo poder atuante do Espírito Santo e da Palavra de Deus para tornar o homem digno do Reino dos Céus (Jo 3.3-8).
  6. No perdão dos pecados, na salvação presente e perfeita e na eterna justificação da alma recebidos gratuitamente de Deus pela fé no sacrifício efetuado por Jesus Cristo em nosso favor (At 10.43; Rm 10.13; 3.24-26 e Hb 7.25; 5.9).
  7. No batismo bíblico efetuado por imersão do corpo inteiro uma só vez em águas, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, conforme determinou o Senhor Jesus Cristo (Mt 28.19; Rm 6.1-6 e Cl 2.12).
  8. Na necessidade e na possibilidade que temos que viver vida santa mediante a obra expiatória e redentora de Jesus no Calvário, através do poder regenerador, inspirador e santificador do Espírito Santo, que nos capacita a viver como fiéis testemunhas do poder de Cristo (Hb 9.14 e 1Pd 1.15).
  9. No batismo bíblico no Espírito Santo que nos é dado por Deus mediante a intercessão de Cristo, com a evidência inicial de falar em outras línguas, conforme a sua vontade (At 1.5; 2.4; 10.44-46; 19.1-7).
  10. Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme a sua soberana vontade (1 Co 12.1-12).
  11. Na Segunda Vinda premilenial de Cristo em duas fases distintas. Primeira – invisível ao mundo, para arrebatar a sua Igreja fiel da terra, antes da Grande Tribulação; segunda – visível e corporal, com sua Igreja glorificada, para reinar sobre o mundo durante mil anos (1Ts 4.16. 17; 1Co 15.51-54; Ap 20.4; Zc 14.5 e Jd 14).
  12. Que todos os cristãos salvos em Cristo comparecerão ante o Tribunal de Cristo, para receber recompensa dos seus feitos em favor da causa de Cristo na terra (2Co 5.10).
  13. No juízo vindouro, que recompensará os fiéis e condenará os infiéis (Ap 20.11-15).
  14. E na vida eterna de gozo e felicidade para os fiéis e de tristeza e tormento para os infiéis (Mt 25.46).